Entrevista a Elisabete Gomes de Pina

16-07-2018 14:37

Uma conversa concreta e frontal sobre os desafios de uma profissão que tem algumas vantagens, mas também inconvenientes que podem causar sentimentos como a saudade.

 

"Nunca tive medo de voar"

 

Quais as vantagens e desvantagens da profissão?

Temos oportunidade de conhecer o mundo, bem como outras culturas e pessoas, mas nem sempre sabemos em qual altura é preciso estar preparado para viajar.

O que sente mais falta quando se encontra fora do país?

Mesmo estando ausente de Portugal apenas uma semana, acabamos por dar mais valor a certas coisas como a família e a gastronomia.

Gosta de voar?

Nunca tive medo de voar, mas existiram situações em que senti algum receio.

Quais são as características fundamentais para ser uma assistente de bordo?

A calma que é necessário mostrar aos passageiros requer bastante treino, nomeadamente nas situações de emergência. A simpatia também é outro aspecto importante.

Quais os locais que gostou mais de visitar?

As minhas cidades favoritas são Lisboa, Sydney e Nova Iorque, embora tenha um carinho especial por Cuba, já que, realizei alguns voos humanitários entre Havana e Caracas.

A localidade que gostou menos de conhecer?

O pior sitítio onde estive foi na capital da Nigéria devido à pobreza, sendo necessário haver escolta entre o aeroporto e o hotel.